quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Resenha - Cidade das Cinzas (Os Instrumentos Mortais #2) - Cassandra Clare


Hey pessoinhas! Quem não gosta de Os Instrumentos Mortais? Eu sou super-fã da série e da Cassandra Linda Clare. Enfim, a resenha de hoje será a do segundo livro da série, o Cidade das Cinzas.

Esta resenha conterá spoiler do PRIMEIRO livro da saga. Ou seja, quem ainda não leu Cidade dos Ossos saia IMEDIATAMENTE!

Clary tenta lidar com a revelação bombástica de ser irmã de Jace. E o pior: os dois serem filhos Velentim.
Mas Clary não tem tempo para pensar neste assunto, já que criaturas do Submundo estão desaparecendo do nada, ela está amando o Simon e descobriu novos dons.

A Conclave recebe mais uma visita, a da Inquisidora, uma mulher amargurada com a vida. Eis que surge mais uma preocupação: Jace é mantido preso na Cidade dos Ossos.

A Espada da Alma é roubada dos Irmãos do Silêncio, aterrorizando todos. Qual a relação das mortes das criaturas do Submundo com o furto dos Instrumentos Mortais? Quem está por trás disso? E o quê ele planeja? Será que Clary aguentará todas as revelações que seu futuro lhe reserva? E sua mãe, Jocelyn, ela ainda acordará?

Eu pensei que não poderia existir livro mais perfeito que Cidade dos Ossos. Sério, Cidade das Cinzas superou todas as minhas expectativas. Quando pensara que o livro ficaria lento, a Cassandra jogava coisas na minha cara que só um coração forte pode aguentar. 
A evolução das personagens é tremenda. Simon foi o meu preferido até agora. Mesmo por ter passado por tudo aquilo, ele ainda se encontra forte, tomando coragem para viver, sem desistir da vida. Eu ainda não gosto do Jace, e provavelmente nunca irei gostar, mas confesso que dei boas risadas com o seu sarcasmo. A Clary também evoluiu, e fiquei impressionado com sua capacidade de força e os seus novos dons.

Este livro acabou comigo. Já acreditava que a Cassandra iria bolar uma continuação surpreendente, mas não imagina tanto. Recomendo os TMI para todos os públicos. Melhor saga, melhor escrita, melhores personagens.

Nota: 5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário